Famílias participam da mobilização no CAp

13 Nov

Na manhã desta sexta, 11, os professores do CAp UFRJ receberam alunos, famílias, técnicos e licenciandos para uma roda de conversa sobre a PEC 241 – agora PEC 55, no Senado –  que limita investimentos em Educação e Saúde, de acordo com a inflação; e a MP 746, que trata da Reforma do Ensino Médio. As centrais sindicais marcaram o dia de Paralisação Nacional contra a retirada de direitos dos trabalhadores, e os professores da UFRJ votaram por paralisação com mobilização. No CAp além da roda de conversa aconteceu oficina de cartaz, intervenção artística no muro do colégio e criação coletiva de performance teatral para apresentação no ato público da categoria que aconteceu no começo da noite, no Centro da cidade. Todas as atividades foram programadas pela representação sindical da unidade.

A roda de conversa contou com a participação de professores e alunos da UFRJ, representantes da ANDES (central sindical da ADUFRJ, sindicato dos professores da UFRJ), além de professor do Colégio Pedro II, campus Realengo, e de aluno da unidade que está Ocupada pelos estudantes.  O encontro começou com a fala da representante do sindicato dos professores que apresentou dados de pesquisa e mostrou-se muito preocupada com as consequências da PEC para o futuro da Educação no país. O professor do Colégio Pedro II também se posicionou contrário à PEC. Em seguida, foi a vez da aluna do colégio, que também é uma IFES, como o CAp, expor os detalhes e a motivação da Ocupação realizada pelos alunos do campus Realengo.

Entre os pais, muitos se manifestaram contrários a qualquer tipo de paralisação de aulas, greve ou ocupação do colégio pelos alunos. Alguns, porém, declararam confiança na capacidade dos alunos de decidirem qual a melhor forma de se manifestarem.

Como os temas eram muito polêmicos e o tempo para o debate foi curto, pais sugeriram que sejam marcados outros encontros para debate sobre cada um dos tópicos levantados no evento: PEC 55 e Reforma Ensino Médio por Medida Provisória. O objetivo é abordar detalhes de cada proposta governamental, trazendo posições de apoio, contrárias e comentários que esclareçam aspectos técnicos sobre as questões que mobilizam a UFRJ e a sociedade em geral.

Após a roda de conversa foi realizada oficina com alunos para confecção de cartazes, que serão usados nas mobilizações já programadas. Pais e mães com filhos nos anos iniciais também participaram das atividades.

A próxima paralisação acontecerá em 25/11.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: