Por diferença de 10 votos professores da UFRJ mantêm greve

12 Ago

AoFCQt5VLb4NM8r3jsNJ3uhVGeuSQVEmXlJS6u4rOC0I

Por apenas 10 votos de diferença, os docentes da UFRJ decidiram em assembléia realizada esta tarde, no Fundão,continuar em greve por tempo indeterminado. A paralisação da UFRJ já alcança quase dois meses de duração.

Com discussões bastante polarizadas, a votação foi apertada:  267 votaram a favor da continuidade da greve contra 257 que defendiam o fim do movimento paredista.

Solicitação de saída antecipada

No início da assembléia, o representante da APACAp Wilson Pessanha fez a leitura pública da Carta-Aberta aos Docentes do CAp e da UFRJ, publicada aqui na segunda-feira. Na carta a APACAp defende uma saída antecipada da greve para o CAp, tendo em vista as especificidades da escola e dos seus alunos.

A solicitação da APACAp será também encaminhada para a reunião local dos professores do CAp.

Acesse a carta neste link.

Uma resposta to “Por diferença de 10 votos professores da UFRJ mantêm greve”

  1. Rildo Krawczuk 12 de Agosto de 2015 às 20:25 #

    Sem dúvida o direito a greve desses senhores, está assegurado, porém é importante que fique bem claro ao corpo de docentes do CApUFRJ que terão de cumprir os 200 dias letivos de aula.
    Da mesma forma que existe os direitos, também existem os deveres e o MPF já está atento às falcatruas que essa instituição tem feito no calendário escolar para fugir dessa responsabilidade.
    Como pai e contribuinte, vou utilizar de todas as ferramentas legais para ver o direito do meu filho assegurado.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: