UFRJ rejeita greve

27 Maio
300 x 199. Docentes da UFRJ rejeitam proposta de greve imediata.

Docentes da UFRJ rejeitam proposta de greve imediata.

Por 300 votos a 199, a assembleia geral dos professores da UFRJ rejeitou hoje a proposta de deflagração imediata de uma greve.

Além disso, o indicativo de greve – quando a possibilidade de paralisação permanece na pauta –, que havia sido aprovado na semana passada, também foi suspenso em votação que contabilizou 231 votos contra 210.

A assembléia foi realizada no auditório do CCS na Cidade Universitária do Fundão e contou com a participação de mais de 500 professores, além de alunos e demais membros da comunidade acadêmica.

Na ocasião, a APACAp foi representada pela diretora Patricia Boueri que leu uma carta onde defendeu o respeito às singularidades e vulnerabilidades das crianças e adolescentes do CAp.

O resultado da assembleia traz alívio para a comunidade de familiares e alunos do CAp mas não representa, entretanto, nossa desmobilização na luta permanente pela valorização do ensino e por condições melhores de trabalho para docentes e funcionários da escola, bem como de estudo para os alunos.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: